O EVANGELHO NÃO PODE SER IMPEDIDO | World Challenge

O EVANGELHO NÃO PODE SER IMPEDIDO

David WilkersonMarch 15, 2016

O Livro de Atos termina com uma nota incrível. Nos dois versículos finais, encontramos Paulo preso, em regime domiciliar e guardado por soldados Romanos. Ainda assim, leia que alegre registro a Bíblia nos dá acerca da situação de Paulo: “Por dois anos inteiros Paulo permaneceu na casa que havia alugado, e recebia a todos os que iam vê-lo.
Pregava o Reino de Deus e ensinava a respeito do Senhor Jesus Cristo, abertamente e sem impedimento algum” (Atos 28:30,31).

A Palavra original Grega para “proibição” aqui, na verdade, significa “impedimento”. Na versão atualizada, podemos ler que Paulo pregava e ensinava o Evangelho “abertamente e sem impedimento algum.” Que afirmação incrível de se ler, quando sabemos que Paulo estava preso! O Evangelho estava “desimpedido”, ininterrupto e desobstruído. O autor usa esse testemunho para finalizar o Livro de Atos com uma declaração ponderosa: “O Evangelho não pode ser impedido!”

Sem medo de errar, podemos afirmar que haviam vários impedimentos por todos os lados para que a mensagem de Paulo não fosse pregada. Quando ele chamou os líderes Judeus em Roma para visitá-lo em sua prisão, eles ficaram indignados, e disseram: “Sequer o conhecemos. Quem é você para nos chamar?”. Quando Paulo finalmente pregou Cristo a eles, eles acabaram brigando entre si. E ao mesmo tempo em que isso acontecia, o Imperador Nero estava torturando e matando Cristãos nas ruas de Roma.

Em vista desses montanhosos impedimentos, como Deus, então, planejou impactar o incrédulo Império Romano? Qual seria a estratégia dEle para construir uma igreja em Roma que influenciaria o mundo e os Impérios vindouros? Poderia ser aquele preso, ex-terrorista judeu, cujo discurso era incabível? Seria Paulo o melhor instrumento de Deus para evangelização de Roma e todo seu território?

Por dois anos, o apóstolo foi calado nessa casa desconhecida em uma rua ao lado. Ele não tinha nenhum evangelista associado, não havia Timóteo ou Barnabé para trabalhar lado a lado com ele. Ele não tinha microfone para amplificar suas mensagens. Ele não tinha conexões políticas que o pudessem auxiliary. Paulo simplesmente não tinha agenda ou planejamento semanal. E ainda que o tivesse, não havia forma de divulgar isso. Ele não podia ir de porta em porta evangelizando ou dirigir cultos ao ar livre.

Ele declarou, nestas palavras: “Eis-me aqui, Senhor. Usa-me conforme o teu querer.”

Paulo estava ali, e ainda assim estava absolutamente feliz pelo fato de Deus tê-lo colocado aqui. Ele declarou nestas palavras: “Eis-me aqui, Senhor. Usa-me conforme o teu querer. Não sei os Teus planos, mas sei que Tu me puseste aqui. Seu Evangelho chegará onde quer que desejares, sem qualquer impedimento.”

Download PDF