O EVANGELHO DESIMPEDIDO | World Challenge

O EVANGELHO DESIMPEDIDO

David WilkersonMarch 17, 2016

 “Mas, se nós nos examinássemos a nós mesmos, não receberíamos juízo. Quando, porém, somos julgados pelo Senhor, estamos sendo disciplinados para que não sejamos condenados com o mundo" (1 Coríntios 11:31,32). Temos examinado a nós mesmos como Paulo nos diz para fazer?

Aqui está o critério pelo qual eu constantemente julgo a mim mesmo: Eu pergunto: “Tenho eu, de alguma maneira, impedido o Evangelho de Cristo?” Nós sabemos que o mundo não pode impedir o Evangelho, mas o fato é que nós, que o pregamos, podemos. Paulo julgou a si mesmo quando escreveu:  “Se outros têm direito de ser sustentados por vocês, não o temos nós ainda mais? Mas nós nunca usamos desse direito. Pelo contrário, suportamos tudo para não colocar obstáculo algum ao evangelho de Cristo" (1 Coríntios 9:12).

O apóstolo está dizendo a nós, em suma: “Eu tenho que ser cuidadoso acerca de como eu apresento o Evangelho. Se eu tenho uma mentalidade materialista, ou se eu abrigar em mim a cobiça e a luxúria, eu não posso representar a Cristo de forma precisa. Isso poderia causar um impedimento no evangelho que eu apresento. Por isso, a minha maneira de viver precisa ser parte do Evangelho que eu prego.”

Considere os coríntios no tempo de Paulo. Eles traziam comidas requintadas para a mesa do banquete, enquanto os pobres entre eles não tinham sequer o que comer. Paulo disse a eles, em muitas palavras: “Vocês não estão realmente preocupados com as necessidades do corpo de Cristo, se vossos olhos estiverem apenas fixados em como melhorar suas próprias vidas. Você simplesmente não pode estar focado nos interesses de Deus, se você não se importa se seu irmão tem dinheiro suficiente para a próxima refeição.”

Qualquer obra ou ministério que é realizado com esse tipo de mentalidade individualista, não fará perdurar o fogo do espírito santo. Números altos, métodos bem-sucedidos, e conquistas monumentais não significarão nada naquele dia, porque Deus julga a motivação do coração. A pergunta que devemos nos fazer hoje é: “Estou fazendo isto para ser reconhecido? Para ser alguém? Para assegurar o meu futuro, não me importando com as necessidades dos meus irmãos?­­­­

Sem medo de errar, afirmo: O evangelho de Jesus Cristo não pode ser impedido. Ele é poderoso e ininterrupto. Porém, o evangelho só acontece quando é pregado e ensinado em sua amplitude. Há de ser ensinado no contexto da “completa vontade de Deus.” Como o próprio Paulo diz: “Pois não deixei de proclamar-lhes TODA a vontade de Deus” (Atos 20:27).

Download PDF