O Futuro | World Challenge

O Futuro

David WilkersonApril 1, 2013

A pergunta principal na boca de multidões de pessoas mundo afora é “O que está acontecendo? Existe pânico e medo por toda parte. As economias estão sendo abaladas por todo o mundo. Como será o futuro?”.

Como seguidores de Jesus sabemos que as únicas respostas confiáveis estão na palavra de Deus. Os especialistas do mundo – os economistas, os líderes de governo, os estudiosos – todos admitem estar confusos. Ninguém consegue dizer por que as bolhas estão explodindo, ou como saímos de uma economia em expansão para colapsos econômicos repentinos.

Permita-me compartilhar com você o que a Bíblia diz estar por vir. Deus falou muito claramente nas escrituras quanto ao que esperar, agora e no futuro. Sim, estão acontecendo coisas assustadoras, mas todas elas foram profetizadas na palavra de Deus. Essas profecias não têm o intuito de nos assustar, mas são para construirmos um alicerce de confiança. A palavra de nosso Senhor para nós é a mesma ontem, hoje e eternamente, e nesse exato momento Ele se assenta como Rei sobre o dilúvio presente.

Devemos começar examinando o que Deus disse que aconteceria com as pessoas e nações que dessem as costas para Ele. Em Levítico 26, Deus descreve o destino das nações tanto das que obedecem, quanto das que ignoram a Sua palavra. Ele diz, em essência:

“Vocês devem confiar no Senhor Deus, honrar Minha palavra e obedecer Meus mandamentos. Se o fizerem, os abençoarei e prosperarei trazendo chuvas às suas colheitas. Vocês não enfrentarão dívidas, na verdade, vocês emprestarão para os outros. E estarão em segurança contra os inimigos; não serão aterrorizados nem enfrentarão guerras; seu país gozará de paz. Ninguém será capaz de atemorizá-los.”

“Mas se vocês, seu povo e sua nação, se recusarem a Me honrar – se desprezarem Meus mandamentos – eis o que colherão: Eu, o Senhor, hei de humilhá-los e destruir seu orgulho. Vocês irão desperdiçar sua força, e removerei seu poder e prestígio. Seus inimigos prevalecerão contra vocês, roubando sua riqueza e prosperidade. Vocês serão devedores, e não emprestadores de dinheiro. E repentinamente conhecerão o terror e o sofrimento.”

“Porque eis que o Senhor Deus dos exércitos está tirando de (vocês)... o bordão e o cajado, isto é, todo o recurso de pão, e todo o recurso de água” (Isaías 3:1).

Tudo isso foi profetizado primeiramente para Israel, e aconteceu exatamente como Deus alertou – contudo, continua como um alerta para cada geração. Na Europa, todo um continente apagou o nome de Deus. Eles se gabam dizendo, “A União Europeia é secular. Não temos Deus”. Agora os Estados Unidos estão tomando um caminho similar. Deus está sendo banido das escolas, tribunais e corpos legislativos. A oração foi proibida em alguns lugares. Agora a maré de tempos árduos está atingindo os Estados Unidos com o sistema financeiro sofrendo um terremoto sem fim à vista.

Você pode perguntar, “Por que temos de ser lembrados dessas más notícias?”. Precisamos ouvi-las porque o povo de Deus precisa acordar! A festa acabou. Nossas preocupações não podem mais ser ter o celular ou o computador mais novo do mercado. Como pastor, não quero que ninguém fique chocado ou em perplexidade quando seus mundos forem repentinamente virados de cabeça para baixo.

A verdade é que todos os julgamentos do Senhor são redentores. Ele é como um marido cuja esposa alcoólatra esteja prestes a desmaiar de bebedeira. Ele bate em seus ombros dizendo, “Acorde”. Quando ela não responde, ele dá tapinhas no rosto dela, gritando, “Por favor, acorde. Eu te amo”. Quando isso não resolve – quando parece impossível ela voltar da letargia – Ele sacode os ombros dela, gritando, “Acorde! Se você não acordar, vai morrer nesse entorpecimento”.

Agora mesmo, Deus está chacoalhando a raça humana pela qual Seu Filho morreu para salvar. Porém Deus nunca faz isso com raiva, mas com amor. Ele diz, “Tenho enviado sentinelas para alertá-los. Enviei profetas para romperem o seu entorpecimento com verdades claras. Mas vocês rejeitaram Minha palavra todas as vezes. Agora preciso sacudi-los, despertá-los dessa letargia que leva à destruição”.

Eis as notícias boas

Existem duas estradas às quais a humanidade está se dirigindo hoje. A primeira é a do Diabo, envolvendo desvios sexuais, ganância, materialismo, um descuidado entorpecimento da alma.

No entanto, há uma outra estrada movendo-se simultaneamente à esta – e está crescendo em ritmo, ultrapassando a de Satanás. A Bíblia profetiza claramente que em meio ao caos e ao medo – na hora exata do colapso e do estouro da bolha– Deus derramará o Seu Espírito. O Espírito Santo foi derramado primeiro há 2000 anos em Jerusalém, no Pentecostes, e tem operado no mundo desde então, glorificando a Jesus ao longo dos séculos. E Ele é fiel para vir sobre essa geração também.

Estou convencido de que o Senhor não entregará nossos jovens para o Diabo. Lembro-me do Seu Espírito sendo derramado na geração do festival de Woodstock. Naquela época, centenas de milhares de jovens assistiam a shows de rock a céu aberto. LSD, heroína, todas as drogas da época eram usadas desenfreadamente. Eu ia a shows onde havia uma plateia de 100.000 pessoas, para oferecer Jesus. Lembro-me de ver garotos às dúzias sucumbindo devido às drogas, e pensava, “Senhor, existe alguma esperança para eles?”.

Foi durante aquela época caótica e indulgente que nasceu o Movimento de Jesus. Uma fome profunda de Deus caiu sobre aquela geração, e literalmente da noite para o dia centenas de milhares de jovens dopados vieram para Jesus. Preguei no Centro de Convenções de Los Angeles em encontros com 10.000 jovens por vez, com enfermeiras a postos para ajudar aqueles sob efeito das drogas. Na época escrevi um livro intitulado O Manual de Maturidade do Jovem Crente, e jovens aos milhares pegaram cópias e entregaram suas vidas para o Senhor.

Estamos à beira de um derramar do Espírito Santo que trará Jesus de volta às manchetes

Chuck Smith deu início ao ministério Capela do Calvário no sudeste da Califórnia, atraindo centenas de hippies, frequentadores de praia e outros da cultura jovem. Um talentoso grupo musical chamado Love Song (canção de amor) surgiu daquele ministério e falou a garotos espiritualmente famintos através da linguagem da canção. Lembro-me de ver milhares de jovens, moças e rapazes, formarem filas nas praias do Pacífico para serem batizados.

Por mais poderosos que foram esses movimentos, creio que o que está por vir será muito maior que qualquer coisa que eu já tenha visto na vida. E acontecerá mundialmente. Estamos à beira de um derramar do Espírito Santo que trará Jesus de volta às manchetes. “E acontecerá nos últimos dias, diz o Senhor, que derramarei do meu Espírito sobre toda a carne; e os vossos filhos e as vossas filhas profetizarão, os vossos mancebos terão visões, os vossos anciãos terão sonhos” (Atos 2:17, itálicos meus).

Quando Deus diz que derramará Seu Espírito “sobre toda carne”, Ele não quer dizer somente na igreja. O Espírito se faz conhecer a todos, mesmo a ateus, comunistas, a todos que resistiram a Deus. O que acontece quando o Espírito Santo cai sobre toda carne? Ele cria agitação nos corações e mentes. De repente, há uma sensação horrível de vazio que não há nada que possa satisfazer. Cobiças, sexo, farras – tudo isso leva a uma insatisfação ainda mais profunda. É um desespero da alma criando em muitos a percepção de que, “Algo sobrenatural está acontecendo”.

Os eventos na natureza apontam para este sacudir sobrenatural. Tsunamis, furacões, terremotos – tudo isso está produzindo um despertar. Jesus se refere a esses tempos: “Sobre a terra haverá angústia das nações em perplexidade pelo bramido do mar e das ondas. Os homens desfalecerão de terror, e pela expectação das coisas que sobrevirão ao mundo; porquanto os poderes do céu serão abalados” (Lucas 21:25-26).

Já existe uma grande agitação de corações promovida pelo Espírito Santo

Por todo o mundo existe um grande clamor por mudança. Esse clamor é mais do que político. É um clamor por algo real, algo que vá de encontro à sede profunda da alma por paz e satisfação. E nenhuma pessoa ou coisa na terra pode atender a essa necessidade. Todo líder político vai falhar tentando conceder essa satisfação. Somente Jesus pode responder ao nosso clamor mais profundo.

Já lemos que aqueles que se voltam para o Senhor de todo o coração “profetizarão” (Atos 2:17). A palavra “profetizarão” aqui não quer dizer pregar ou prever o futuro. Ao invés disso, quer dizer terão uma intrepidez santa por Jesus. Atente para o cenário no Pentecostes, quando essa profecia foi cumprida naquela geração: “E, tendo eles orado, tremeu o lugar em que estavam reunidos; e todos foram cheios do Espírito Santo, e anunciavam com intrepidez a palavra de Deus” (4:31).

O Espírito Santo é um espírito de ousadia que eleva Jesus mais alto; quando é derramado, Ele sempre glorifica a Cristo. Olhando ao redor hoje, vejo multidões de cristãos que já amaram a Jesus, mas que não mencionam mais Seu nome. Numa outra época eles não tinham vergonha de serem conhecidos por segui-Lo. Mas com o passar do tempo a fé deles se esfriou.

Muito em breve vai ficar óbvio para esses crentes mornos que Deus fala sério. Todo tipo de calamidade está crescendo em intensidade, com o próprio ambiente gemendo. A natureza está gritando, “Acordem! Deus está lhes chamando dizendo, ‘Voltem para Mim’”.

O Espírito Santo promete vir sobre todos que pedirem para serem cheios. Agora mesmo, ministérios de missões estão recebendo relatos disso acontecendo mundo afora. Em países muçulmanos, especialmente, as pessoas estão tendo sonhos e visões de Jesus. Em breve veremos agitos similares aqui também. Seus amigos, vizinhos e colegas de trabalho virão a você pedindo, “Diga-me, por que tudo isso está acontecendo? Sei que você é cristão. Diga-me o que vai acontecer a seguir”.

Deus terá um número de filhos e filhas consagrados que estarão prontos com a resposta: “Jesus está voltando. Ele é o único lugar seguro”. É essa a profecia à qual devemos nos agarrar agora: Jesus está voltando em breve! De fato, Deus já está derramando um batismo de intrepidez entre Seu povo. Ele está derramando o fogo do Seu Espírito Santo sobre Seu povo, levando-o a tomar uma posição custe o que custar.

Será que você disse a alguém ultimamente, “Você está zombando do meu Senhor”? Você tem direito de fazê-lo! Não estou falando de confrontação na cara, mas uma defesa do seu Deus amoroso e salvador quando Ele está sendo difamado. “Conhecendo o tempo, que já é hora de despertardes do sono; porque a nossa salvação está agora mais perto de nós do que quando nos tornamos crentes” (Romanos 13:11).

Caro santo, faça dessa a sua oração, como a fiz minha: “Senhor, estou pedindo por um renovado batismo do Seu Espírito Santo. Chega de ter vergonha de Jesus. Meus amigos, meus vizinhos, meus colegas de trabalho todos têm de saber, e vou profetizar para eles com intrepidez: ‘Jesus é Senhor. E Ele está voltando em breve!’”.

Download PDF