ENTREGA DOCE PARA DEUS | World Challenge

ENTREGA DOCE PARA DEUS

David Wilkerson (1931-2011)January 3, 2018

No momento que nos rendemos a Cristo e nos comprometemos a ter absoluta confiança nele, um poder maravilhoso é liberado dentro de nós. O medo de alguém nos fazer mal desaparece. Não há mais medo de Deus, do inferno ou do castigo. E, no lugar da ferida, dor, preocupação e angústia, o Espírito de Deus inunda-nos com nova luz, esperança renovada, grande alegria, paz gloriosa e fé abundante.

Foi dito que Cristo resistiu e foi obediente ao seu Pai celestial não por causa do medo, mas por causa da alegria que estava nele. Ele abriu mão de todos os empecilhos; completou a carreira com paciência; suportou a vergonha; nunca desfaleceu ou se cansou mentalmente – tudo isto pois viu a gloriosa recompensa da obediência. Alegria indescritível. Paz. Descanso. Liberdade. Plenitude.

O medo não é o melhor motivador para a obediência, mas o amor é. É a rendição suave à vontade de Deus que abre os céus para nós. É o subjugar de todo pecado, todo ato de desobediência, que nos permite conhecer a revelação de quem Cristo realmente é. As escrituras dizem: “Todo aquele que está no pecado não o viu nem o conheceu” (1 João 3:6).

Seria possível que nós, ao vivermos em desobediência, não o conheçamos mais? Será que continuamos satisfazendo nossos desejos, pois nunca tivemos a revelação de Cristo, sua aversão ao pecado, sua absoluta santidade, sua glória e misericórdia? Sendo claro, aquele que vive em desobediência nunca realmente viu a Cristo.

Jesus disse: “Quem tem os meus mandamentos e lhes obedece, esse é o que me ama. Aquele que me ama será amado por meu Pai, e eu também o amarei e me revelarei a ele” (João 14:21).

Que recompensa maior, por amarmos a obediência, poderíamos querer do que ter Cristo revelando-se a nós? Ele diz: “me ame o suficiente para me obedecer. Eu te amarei e te mostrarei  que Eu sou!”

Download PDF